Os arquivos da sua empresa estão protegidos? Previna-se antes de ter seus dados criptografados

ConsulData e Trend Micro fazem alerta sobre os recentes ataques cibernéticos e orienta sobre as ferramentas mais eficazes de defesa e proteção do ambiente corporativo

Recentemente, um ataque cibernético do tipo “RANSOMWARE” fez estragos em todo o mundo. Ele afetou sistemas operacionais Windows e criptografou arquivos, pedindo resgate para liberar os dados. Recebemos relatos de várias empresas atingidas no Brasil. A nossa unidade de negócios em “CIBERSEGURANÇA” pode ajudar a evitar ataques deste tipo. Conheça as nossas soluções neste segmento:

  • ANÁLISE DE RISCOS.
  • ANTI-VÍRUS E ANTISPAM.
  • ATUALIZAÇÃO DE SISTEMAS.
  • CONSULTORIA ESTRATÉGICA.
  • GERENCIAMENTO DE SEGURANÇA (MSS).
  • SOLUÇÕES EM HARDWARE E SOFTWARE.
  • MONITORAMENTO SE SEGURANÇA (MSM).
  • REMOTE PENETRATION TEST (PEN-TEST).

 

  • Revista ConsulData - Soluções em Cibersegurança. Leia aqui!

  • Consulte a nossa equipe comercial e solicite ajuda. Clique aqui!

  • Baixe o cartaz PDF desta campanha. Clique aqui!

 

O ataque acima usou uma variante do “Ransomware” denominada “WannaCry” (Detectada pela Trend Micro como RANSOM_WCRY.*). Sabemos que esta ameaça utilizou uma vulnerabilidade de vários sistemas operacionais Microsoft Windows para propagar-se. Esta vulnerabilidade (descoberta em 14/03/2017) está descrita no seguinte link da Microsoft:

https://technet.microsoft.com/en-us/library/security/ms17-010.aspx

A Trend Micro, parceira da ConsulData no segmento de Segurança da Informação, imediatamente após descobrir o ataque, começou a trabalhar para coletar amostras das ameaças e analisá-las para criar as políticas de bloqueio necessárias. É bom ressaltar que o Trend Micro Virtual Patching para desktops e servidores já bloqueava a exploração desta vulnerabilidade desde março de 2017. No momento, as ameaças já são detectadas pela ferramenta “Smart Scan”.

Recomendamos algumas ações imediatas:

  1. Garantir que todos os patterns de seus produtos estejam atualizados para a última versão disponível. A pattern “Smart Scan” versão 13.399.00 já detecta esta ameaça e já está disponível.
  2. Na medida do possível, aplicar o patch da vulnerabilidade (link está acima).
  3. Depois de atualizar as patterns, executar um scan manual programado nos seus dispositivos.

Recomendamos algumas ações adicionais:

  1. Verificar a ativação de todas as proteções anti-ransomware de seus produtos.
  2. Ativar a proteção Smart Scan, caso ainda não esteja ativa.
  3. Instalar tecnologias que blindam seus equipamentos contra a exploração de vulnerabilidades não corrigidas: Vulnerability Protection para desktop e Deep Security para servidores.
  4. Implementar mecanismos de detecção de ameaças desconhecidas (ransomware, APTs, etc): Deep Discovery, Officescan XG (Machine Learning).

A ConsulData e a Trend Micro estão à disposição para ajudar a evitar este ataque em sua empresa. Assim que obtivermos mais detalhes de ataques deste tipo, atualizaremos as informações.

Sobre a ConsulData

Fundada em 1991, está posicionada como uma das principais integradoras tecnológicas do Brasil. Atua na prestação de serviços para a cadeia de petróleo e gás (CRCC próprio), recintos alfandegados e terminais portuários, contribuindo para a modernização do Porto de Santos/SP, o maior da América Latina. É credenciada Furukawa Solution Provider Gold, oferecendo garantia estendida nos produtos instalados. Possuí representação técnica e comercial de importantes marcas nacionais e internacionais, como a Trend Micro, Digifort, Riversoft, Microsoft, Mandic, Dell (Partner Direct Preferred), entre outras. Mais informações sobre suas unidades de negócios estão disponíveis no www.consuldata.com.br.

Share on FacebookShare on Google+Share on LinkedInTweet about this on TwitterEmail this to someone