Entendendo melhor mais um participante da nuvem!

O conceito de “Cloud Computing” é incontestavelmente uma tendência promissora

Existe grande promessa de melhorias tecnológicas, já que desenvolvedores de software utilizam plataformas abertas de forma rápida e fácil para trazer novas e melhores aplicações para o mercado. Dentro deste conceito, virtualização é um componente chave do processo. Em uma reunião com o Presidente da NetApp do Brasil, Marcos Café, e o Gerente Geral para América Latina e Caribe, Matt Gharegouzlou, a empresa deixou claro alguns dos fatores que motivaram o seu forte crescimento nos últimos anos.

Com objetivo de crescer três vezes mais rápido do que a média de seu mercado de atuação nos próximos anos, a NetApp é atualmente uma das empresas de nicho mais bem posicionadas no mercado global de TI. A empresa faz parte de um grupo extremamante seleto de empresas de TI, junto com Apple, E-bay, Google e Amazon. Apenas estas empresas, que têm faturamente anual superior a USD 4 bilhões tiveram crescimento anual superior a 20% nos últimos 5 anos.

O mercado de virtualização de servidores foi um dos segmentos de TI que tiveram os mais fortes crescimentos nos últimos anos, e o de virtualização de desktops já começa a mostrar sinais de grande potencial no Brasil. A NetApp é forte participante do mercado de virtualização de storage, portanto a empresa está muito bem posicionada e tem um forte potencial de crescimento no país.

Em 2011, a NetApp focará na estratégia de fortalecer sua presença nos segmentos das telcos, governo e vertical financeira. Outra estratégia de crescimento consiste em aumentar o número de revendas pelo Brasil, focando principalmente em integradores de sistemas que já contam com experiência em soluções de virtualização.

A empresa atualmente conta com uma rede de vendas 100% indireta, com a participação ativa de 4 distribuidores e mais de 60 parceiros (integradores de sistemas e revendas autorizadas). Alguns dos principais clientes globais da empresa são: Yahoo, T-Systems (com contas globais da Shell e SAP) e British Telecom. Embora não tenha produção local, a NetApp pretende verificar a viabilidade de montagem de seus equipamentos no Brasil no começo de 2011.

Marcelo Kawanami - É gerente de pesquisa da Frost & Sullivan para o mercado de TI na América Latina. Na companhia desde 2005, é responsável por estudos e projetos de consultoria na área de tecnologia da informação que auxiliam as tomadas de decisões e o planejamento estratégico das principais prestadoras de serviço e provedores de software e hardware.

E-mail: marcelo.kawanami@frost.com.
Publicação: IT Web.
Enviado em 22/11/2010.

Share on FacebookShare on Google+Share on LinkedInTweet about this on TwitterEmail this to someone